Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Morre, aos 87 anos, Gabriel Ferrer

Até que enfim criei coragem para escrever algumas palavras sobre a passagem dessa grande personalidade que foi Gabriel Ferrer, tanto na vida de seus familiares e amigos, quanto na história de São Lourenço. Não tenho muito a dizer sobre sua vida profissional e pessoal, já fiz o meu melhor aqui no blog... O que tenho a dizer agora é sobre a falta que ele fará em nossas vidas... As saudades são infinitas e rezo a Deus que conforte nossos corações, porque dói... Dói a separação, dói a falta do sorriso, dói a falta das conversas, dói a falta das histórias, dói a ausência da companhia... Durante nossa vida, mesmo sendo tão dura e tão difícil de vez em quando, somos agraciados com “presentes” de Deus para ajudar nossa caminhada... Eu tenho certeza de que alguma coisa muito boa eu fiz, em algum momento da vida, para merecer ter passado a vida ao lado de uma pessoa tão iluminada como meu avô, Gabriel Ferrer. É um momento difícil, onde não encontramos muitas palavras, os sentimentos são indescritíveis...  Agora só nos restam as boas lembranças  e os grandes ensinamentos que ele nos deixou... Meu muito obrigada a todos aqueles que acompanharam e acompanham o trabalho dele, e aproveito para deixar registrado que todo o acervo que ele possuía sobre os filmes e história da cidade encontram-se comigo. Se alguém precisar de acesso a esse material podem procurar direto a mim. Meu último adeus a esse grande homem... Que Deus o tenha em bom lugar e que ele esteja sempre olhando por nós... Amo você Vô!!!! 

6 comentários:

  1. Que Lindo... Tenho certeza de que onde ele estiver ele está muito contente por ter deixado um pouco dele em você. Este Blog é prova disso. Abraço Régis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu irmão, eu tenho certeza disso!!!! Um beijo e obrigada pelo carinho...

      Excluir
  2. Bela homenagem! Inspiracao e gratidao ao grande homem que foi Gabriel Ferrer. Abracos. Liliana Lobo

    ResponderExcluir
  3. Eu nem o conheci; mas sinto a 'fortaleza' que foi a tua existência aqui na terra.
    Entrarei em orações hoje para que desfrute da paz e harmonia em seu estado de 'vida latente.'
    Pois percebo a força que obteve em 'sua vida manifesta.'
    Desejo paz e entendimento à família e amigos.
    A história contou com ele também.
    Ele está em ti; amiga Auyra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!!! Eu sinto muito dele em mim... bjos

      Excluir